CDL de Maravilha completa 46 anos de história

Em 1975 um grupo de empresários de Maravilha sentiu a necessidade de desenvolver um trabalho de aproximação entre o comércio, indústria e prestação de serviços. Além de criar o laço, a finalidade era também a troca de ideias para criar soluções dos problemas comuns de interesse da classe lojista.

No dia 7 de novembro de 1975 através da colaboração da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Chapecó, nasceu a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Maravilha. A primeira sede oficial foi na Avenida Araucária, junto ao prédio do Vendruscolo e Cia Ltda, e nos anos seguintes a instituição mudou-se para a Avenida Sete de Setembro, depois para a Rodoviária, Rua Duque de Caxias no edifício Diplomata com sede própria no fim dos anos 1990, seu último endereço como entidade única.

UNIFICAÇÃO

Em 2002 a CDL uniu-se à Associação Comercial e Industrial de Maravilha (Acimar, na Rua General Osório), nº 375. Uma das pessoas envolvidas com a entidade nesse período foi Angela Oliveira. “O movimento lojista é um movimento transformador, e ter sido a primeira mulher presidente da CDL de Maravilha e depois da Associação Empresarial e CDL de Maravilha é um orgulho indescritível. Me sinto honrada de ter aberto portas para as mulheres empresárias e isso apenas prova que unidos e trabalhando com o mesmo objetivo, vamos mais longe”, disse a ex-presidente.

Atualmente a entidade atua em parceria com a Associação Empresarial de Maravilha com sede própria na Rua Jorge Lacerda, 85, que juntas somam 534 associados. “Nessas mais de quatro décadas de história somamos ferramentas, soluções empresariais, grandes campanhas, qualificações e muitos encontros que fazem parte do desenvolvimento socioeconômico de Maravilha. Seguimos em frente, rumo ao futuro e sempre preocupados em desempenhar o associativismo e fazer o melhor para o nosso associado”, declara a diretoria da CDL e AE.

FUNDADORES

Sérgio Nascimento, Geraldo José Feyh, Elio Gottardo, Moacir Berticelli, Deolindo Valentin Biazussi, Irineu Meinen, Alexandre Kasper, Neri Pelissari, Demétrio Bachinski, Elói Bachisnki, Elói Pedro Breda, Pedro Felichak Cervinski, Alceu Modesto Conte, Alessio Vendruscolo e Valmir Baú.



6 visualizações0 comentário